• Home
  • Blog
  • INSS pagará mais de R$ 13 bilhões para atrasados que ganharam ações

INSS pagará mais de R$ 13 bilhões para atrasados que ganharam ações

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) pagará neste mês o lote anual de atrasos dos segurados de São Paulo e Mato Grosso do Sul que ganharam ações de mais de 60 salários mínimos e tiveram precatório autorizado pelo juiz entre 2 de julho de 2018 e 1° de julho de 2019.

O repasse do dinheiro foi confirmado pelo Conselho da Justiça Federal aos Tribunais Regionais Federais, que distribuem os valores. O INSS deverá pagar mais de R$ 13 bilhões para segurados e servidores do país.

Segundo o Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3), que atende São Paulo e Mato Grosso do Sul, informou que o pagamento deverá ocorrer nas próximas semanas. No entanto, há localidades em que o dinheiro poderá ser pago um pouco depois.

Os valores a serem pagos variam. No caso de pagamentos atrasados que foram autorizados pela Justiça em 2018, o mínimo é de R$ 57.240. Já os autorizados e 2019, o mínimo é de R$ 59.880. O dinheiro cairá em conta aberta pelo tribunal no Banco do Brasil ou na Caixa Econômica Federal.

Prazo para pagamento

Os precatórios são pagos uma vez ao ano e, por lei, o governo pode fazê-lo até o dia 31 de dezembro. Com a pandemia causada pelo coronavírus, o cronograma foi alterado para pagar neste mês.

Há casos de tribunais que farão depósitos em julho, como o da 4ª Região, que atende os estados do Sul do país, os da 2ª Região, responsáveis pelo Rio de Janeiro e Espírito Santo, e o da 5ª Região, encarregado dos segurados de Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba e Ceará.

Para saber as datas corretas do recebimento, é preciso consultar o site do TRF ao qual a ação pertence. Em São Paulo, a consulta pode ser feita em www.trf3.jus.br.

Fonte: Portal Contábeis

Gostou? Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram